Posts Tagged ‘bares e restaurantes’

Bar moderninho

junho 23, 2009

Para não sair do mesmo tema, vale comentar do bar Smiths of Smithfield.

O mega-bar fica no térreo, e diferente dos tradicionais pubs, tem a arquitetura moderna, industrial com tubulações aparentes, que já foi moda uma época mas parece que os arquitetos ingleses gostam bastante.

Tem um estilo loft, com vigas de madeira expostas, colunas em aço e janelas enormes viradas para o antigo e recentemente reformado mercado de carne victoriano Smithfield Meat Market.

Essa área onde fica localizado agora está bem em moda, virou “trendy” chamada Clerkenwell. Costuma encher bastante, principalmente no happy hour. Existe também um champagne-cocktail, wine bar no primeiro piso, e um restaurante de cozinha inglesa moderna no segundo e no top floor/ terraço. Vale olhar o website.

térreo do Smiths

térreo do Smiths

térreo do Smiths

térreo do Smiths

térreo do Smiths

térreo do Smiths

o segundo piso e o top floor

o segundo piso e o top floor

E se quiser continuar a noitada, a boite da moda, Fabric, fica literalmente ao lado. Ou então, para os que não cansam nunca, como as pessoas que eu conheço, pode tomar a saideira depois da boite, pois o bar abre as sete da manhã nos dias de semana e um pouquinho só mais tarde nos fins de semana!!

fachada da Fabric..

fachada da Fabric..

..literalmente parede com parede com o Smiths

..literalmente parede com parede com o Smiths

Smiths of Smithfield – 67-77 Charterhouse St., East End / Islington  Open: Mon.-Wed. 7 AM-11 PM, Thurs. 7 AM-12:30 AM, Fri. 7 AM-1 AM, Sat. 10 AM-1 AM, Sun. 9:30 AM-10:30 PM  Tube: Farringdon  www.smithsofsmithfield.co.uk/sos/index.html 

Fabric – 77a Charterhouse St., East End / Islington

www.fabriclondon.com

More Pubs..

junho 13, 2009

Os Pubs podem ser considerados um símbolo cultural do Reino Unido. Parece que o comportamento dos ingleses tem mudado, eles tem consumido menos álcool, pelo menos fora de casa, mas eu espero sinceramente que a cultura dos pubs esteja longe de morrer..

Gosto de conhecer os tradicionais e seu interior típico e seus detalhes no décor, a comida e as tradicionais flores coloridas na fachada….. alguns históricos com mais de trezentos anos como o citado no post anterior, The Old Cheshire Cheese.. e claro, a cerveja inglesa… Os das fotos abaixo são todos nas proximidades de Convent Garden e Soho.

Citando um texto do Joaquim Ferreira dos Santos recentemente no jornal O Globo, onde ele menciona o “novo mantra da afirmação feminina” (só vale aqui ressaltar que não concordo muito com a generalização comportamental que ele fez, definindo as “mulheres” que utilizam da expressão como alienadas…) mas, enfim, aqui vale muito dizer – ‘adoooooro’ um pub em londres! 😉

O Famoso e tradicional Lamb and Flag, mais antigo de Convent Garden com mais de 300 anos, à esquerda ainda de dia e à direita no concorrido happy hour..

O Famoso e tradicional Lamb and Flag, mais antigo de Convent Garden com mais de 300 anos, à esquerda ainda de dia e à direita no concorrido happy hour..

O simpático Crown & Anchor de Convent Garden..

O simpático Crown & Anchor de Convent Garden..

Os animados The Shakespeare´s Head à esquerda e The White Horse à direita

Os animados The Shakespeare´s Head à esquerda e The White Horse à direita

The Two Brewers, excelente pausa para almoço...     foto www.zanzig.com

The Two Brewers, excelente pausa para almoço... foto http://www.zanzig.com

The Two Brewers

The Two Brewers

interior..

interior..

..e detalhes..

..e detalhes..

..do The Two Brewers

..do The Two Brewers

 Lamb and Flag – 33 Rose Street,  Covent Garden http://www.pubs.com/pub_details.cfm?ID=204

The Two Brewers  – 40 Monmouth Street, Convent Garden

The Crown & Anchor – 22 Neal Street, Convent Garden

Shakespeare´s Head – 29 Great Marlborough Street, Soho

The White Horse  – 16 Newburgh Street, Soho

Walking Tours – Pubs

junho 5, 2009

Recomendo muitíssimo os roteiros de passeios guiados à pé do London Walks. Segundo o New York Times – “Se você quer conhecer melhor Londres, se você quer aprender coisas sobre a cidade mais cosmopolita que muitas pessoas passarão a vida sem aprender, não existe melhor investimento do que o London Walks”.

Existem vários percursos, é só escolher, ver onde é o ponto de encontro e horário, comparecer e pagar na hora, o valor é bastante acessível, 7 libras e estudante paga 5 libras.

Com uma variedade incrível de percursos, confiança total e guias turísticos fantásticos, garantem divertimento, fascínio, surpresas e entretenimento. Os passeios com a London Walks são uma das melhores maneiras de descobrir a história verdadeira da capital. Os guias são dos melhores no Reino Unido e dão vida aos assuntos que narram, incluem historiadores, arqueologistas e atores profissionais.

As caminhadas incluem de tudo, desde o território de ataque de Jack, o Estripador em Whitechapel (com Donald Rumbelow, perito internacionalmente reconhecido) até o poder e intriga da Velha Westminster e ao Bankside de Shakespeare. Também pode-se explorar os redutos de fantasmas famosos, conhecer “Londres Secreta”, “Londres Antiga” ou aproveitar uma caminhada pelos pubs.

Eu teria feito várias..mas como o tempo era curto, escolhi, claro, a caminhada pelos pubs.. Existem em vários locais, escolhi a dos “pubs escondidos, secretos na antiga Londres” que incluía também um pouco de história e fatos inusitados e marcantes do percurso.. Assim como parada para degustação em alguns pubs! Adorei!

walking tour group..

walking tour group..

Os principais pubs do circuito foram o The Devereux (primeira parada), o Crown and Sugar Loaf, The Punch Tavern (segunda parada) e o último e meu preferido, The Old Cheshire Cheese.

The Devereux Pub - primeira parada

The Devereux Pub - primeira parada

as cervejas do The Devereux...

as cervejas do The Devereux...

Pub em um prédio remanescente de arquitetura do período Tudor, época de Shakespeare...e um outro exemplo do estilo..

Pub em um prédio remanescente de arquitetura do período Tudor, época de Shakespeare...e um outro exemplo do estilo..

outros pubs ao longo do percurso..

outros pubs ao longo do percurso..

Segunda parada, The Punch Tavern

Segunda parada, The Punch Tavern

O The Old Cheshire Cheese foi um dos primeiros pubs a ser abertos após o Grande Incêndio de Londres, que ocorreu em 1667, esse pub é considerado o mais antigo da cidade.

Com um assoalho de madeira, a decoração do interior do pub evoca os tempos em que poetas e escritores como Mark Twain e Charles Dickens eram alguns de seus clientes habituais. Foi nomeado Cheshire Cheese porque esse era o queijo preferido no momento. Tenta falar esse nome depois de alguns “pints”!!

pub preferido1

pub preferido3

Com várias salas e ambientes no subsolo, o bar é de um escurinho confortável com serragem espalhada ao chão, e pelo que dizem não mudou muito desde a sua construção pois eles continuam a servir a ALE (tradicional cerveja inglesa) diretamente dos barris de madeira. Me senti total no século XVII!

pub preferido2

pub preferido6

pub preferido5

pub preferido4

London Walks   http://www.walks.com/

http://londonwalkblog.blogspot.com/

The Old Cheshire Cheese – Wine Office Court, 145 Fleet Street

http://www.pubs.com/pub_details.cfm?ID=216

Bares Vizinhos

junho 1, 2009

Acho que onde a gente se hospeda influencia muito no dia a dia da viagem. Às vezes se chega cansado depois de um dia de aula ou de andanças pela cidade e o que se quer é comer algo por perto mesmo, antes de dormir. Por isso gosto de explorar a área próxima de onde vou ficar hospedada.

Pub é algo que existe em cada esquina em Londres, cada esquina mesmo, e são todos fofos e, claro, dedicarei um post a eles! (pub “fofo”?? eu acho..). Li recentemente que a crise financeira tem provocado o fechamento de vários pubs em Londres pois os londrinos tem preferido beber mais em casa.. mesmo que fechem muitos pubs, ainda vai haver um pub em cada esquina em Londres…

Esse era o da minha esquina, simples mas simpático… acho essas mesas de picnic um charme, uma característica de vários pubs em áreas mais tranqüilas de Londres, como essa…

bar vizinho

Mas também próximo a residência, tinha um “beco” escondido com um pequeno “complexo” de bares bem simpático que incluía um bar a vinho, um bar de tapas espanhol e um restaurante mediterrâneo. Eu só descobri porque um dia voltando pra casa, ouvi uns gritos e resolvi entrar no tal “beco”.

Era a final da EuroCopa, Alemanha X Espanha, e alguns espanhóis freqüentadores do bar colocaram uma grande TV no pátio em frente ao bar para beber e ver o jogo.

0_bar2

0_bar

Voltei em outra oportunidade à noite para conhecer o bar de tapas. O bar é descontraído, tem um interior caprichado, vários ambientes, música boa e o clima é ótimo.

bar tapas3

bar tapas1

The Long Hope Bar   184-186 Pentonville Road, London

The Finca Tapas Bar   96-98 Pentonville Road, London

Student Residence

maio 7, 2009

Vale a pena comentar sobre a residência para estudantes que fiquei hospedada nessas semanas, a NIDO Residence, por causa da sua arquitetura, design inteligente e com uso das mais recentes tecnologias. O edifício é novo, bem projetado, planejado e funcional.

No lobby da residência foram colocados painéis com fotos da construção do edifício explicando o desenvolvimento do projeto e sobre seus arquitetos.

Lobby

Lobby

O prédio foi projetado por Philip Turner da AHMM com consultoria de design de interiores de David Marquardt, fundador da MACH Architecture localizada em Zurich. Para NIDO, itens individuais foram planejados para dar aos ambientes privativos e comuns uma aparência chic mas também prática.

Área de convivência

Área de convivência

Área de convivência

Área de convivência

Adotaram soluções simples, racionais que combinaram praticidade, elegância e longevidade, e recriaram o modelo tradicional de acomodação para estudantes.

NIDO Café

NIDO Café

NIDO Café visto da sala de jogos

NIDO Café visto da sala de jogos

Sala de jogos

Sala de jogos

Quarto individual

Quarto individual

Quarto individual

Quarto individual

A residência está próxima ao centro, a poucas quadras da estação de metrô King´s Cross que fica ao lado da histórica e recém reformada St Pancras Station de onde agora partem os trens da Eurostar que atravessam o canal da mancha e, em pouco mais de duas horas, voilá, Paris.

Estação metrô King´s Cross e a torre do relógio da St. Pancras Station

Estação metrô King´s Cross e a torre do relógio da St. Pancras Station

St. Pancras Station

St. Pancras Station

Enquanto espera o trem, pode-se pedir uma ‘flute’ no Champagne Bar dentro da estação, o mais longo bar da Europa, mais de 90m de extensão.. très chic! ou very trendy! 😉

Champagne Bar Foto: divulgação

Champagne Bar Foto: divulgação

Nido Residence – 200 Pentonville Road, Islington, London

nimail@nidolondon.com 
http://www.nidolondon.com

St Pancras International – Pancras Road, London

http://www.stpancras.com/

Start

abril 30, 2009
Como arquiteta e urbanista, sempre tive paixão pelas cidades, seus espaços urbanos e suas características. Junta-se a isso o interesse pelo design e pela fotografia, e o gosto pelo novo, inovador, diferente, ousado, e por tendências.

Em 2008, tive a oportunidade de passar um período sabático estudando e viajando por alguns países da Europa. E, durante esse período, meu interesse pela fotografia aumentou. Mas, somente quando retornei ao Brasil, que comecei a estudar, de fato, o assunto, aprendendo a técnica em cursos e com um equipamento adequado. Agora, com um senso estético mais apurado, tenho criticado as fotos feitas na viagem (mas espero, confiante, poder fazer um outro sabático, e esse, sim, somente fotográfico).

De qualquer forma, mais através da fotografia do que de textos, quero compartilhar minha visão dessa experiência registrando as cidades, os espaços urbanos, as pessoas. Além do que me chamou atenção de diferente, de inovação em design, arquitetura, gastronomia, comportamento e tendências, sempre com boas dicas e passando minhas impressões.

Dividir essa minha experiência com vocês aqui nesse blog foi um meio que encontrei de “reviver” meu sabático, que, como tudo o que é bom, durou pouco! Mas nada impede que eu acrescente a cidade onde vivo, o Rio de Janeiro, e outras que ainda vou visitar.

Capa de bloco de notas encontrado na livraria do British Museum, London

Capa de bloco de notas encontrado na livraria do British Museum, London